Praia do Forte, Bahia: um estado de espírito

2014-04-23 09.54.04

 Versión en Español

English version

Nos onze dias em que estive em Salvador, tive a oportunidade de conhecer um lugar incrível e que merece um post só seu: a Paria do Forte. Foi uma experiência marcante porque este lugar consegue tirar você do estresse do mundo e levá-lo a um novo estado de espírito.

No terminal rodoviário de Salvador, você pode pegar um ônibus da empresa Expresso Linha Verde. A Viagem dura entre uma hora e meia e duas horas e custa R$ 8,75. Os horários de saída são 09h, 09:45, 18h e 19h.  Além disso, a Praia do Forte é uma cidadezinha bem pequena. O ideal é você chegar de manhã e voltar à tarde para Salvador. Tem vans que saem do centro a cada hora e custam R$ 7.

Mas se você quer descansar e relaxar, certamente têm que passar pelo menos uma noite neste maravilhoso lugar.

Igrejinha
Igrejinha

Se você viaja sozinho, pode ficar no Hostel Praia do Forte. Ele faz parte da rede Hosteling International, e se você é associado terá desconto. Mas se não for associado, o preço é bem razoável. Eu paguei acomodação em quarto coletivo com ar acondicionado. Na temporada baixa  ele custa R$ 65. É um ótimo negócio, pois ficando no Hostel você tem entrada gratuita no Projeto Tamar (R$ 16), Projeto Balia Jubarte, e meia entrada no Castelo D’Avila e Reserva Sapiranga. O café da manha também está incluso. Nele vocês podem experimentar algumas comidas bem típicas da região, como torta de tapioca, o pão alegria, e sucos de frutas nativas. O Hostel, em geral, é ótimo!

Café da manha, Hostel Praia Do Forte
Café da manha, Hostel Praia Do Forte

Você pode também alugar uma bicicleta (R$ 10 por 1 hora ou R$ 50 o dia) e dar um passeio pela vila. O hostel aluga as bikes, ou você pode encontrá-las na bicicletaria da Alameda do Sol (rua principal do Centro).

A Alameda do Sol tem muitas lojas de artesanato, produtos regionais e lojas de roupa, também tem restaurantes à la Carte. Na Alameda da Lua, você pode encontrar restaurantes de PF (R$ 8 ou R$ 10), Buffet a Kilo ou Buffe livre (por R$ 15, em média).

As praias são maravilhosas, no entanto a maioria delas tem formação de corais. Por tanto, se você é das pessoas que tem medo de não saber no que está pisando dentro do mar, a sua praia é a Igrejinha que tem poucos corais. Por outro lado, são praias boas para fazer Snorkeling e mergulho. Tem a praia do aquário, a piscina de Loro e a Papa Gente.

Na entrada do Projeto Tamar, você pode alugar uma mascara de Snorkel por R$ 10. Por R$ 40, você pode contratar uma visita guiada mais o equipamento (mascara e os pé de Pato) na praia do aquário. O passeio tem duração de meia hora e é uma boa ideia se você nunca fez Snorkeling na sua vida. Você também pode encontrar o serviço de aluguel da máscara junto com uma fotografia submarina. É uma bonita lembrança e custa R$ 50.

O Projeto Tamar, é um instituto dedicado à pesquisa e conservação de tartarugas. Alem de ser um projeto social dentro da região. Vale muito a pena visitar e apoiar.

Projeto Tamar
Projeto Tamar

O Projeto Baleia Jubarte, também é um instituo de conservação destas baleias, que podem ser avistadas a uns quilômetros da Praia do Forte. Lamentavelmente durante minha visita, não estava aberto à visitação.

Eu não consegui visitar o Castelo D’Avila, mas vocês não podem deixar de ir. Se tiver pilha para uma caminhada, pode visitar o parque Municipal Klaus Peters. Um ótimo local para andar de bike ou a pé, pois a trilha é em cimento e vai por dentro da vegetação típica da região (Mata atlântica). No total são 3 quilômetros. Ao longo do percurso há placas explicativas sobre os animais que moram ali, a vegetação e o clima deste ecossistema. Vale muito à pena! Se você ficar atento poderá ver micos-estrela-de-tufo-brancos entre os árvores. Só não se esqueça de passar protetor solar e repelente! O horário de entrada é das 9h as 18h.

Trilha Ilha dos Pássaros
Trilha Ilha dos Pássaros

Além disso, não se esqueça de experimentar os doces típicos da região, a maioria deles a base de coco. O Sacolé de frutas também é muito bom.

A pesar de ser uma cidade pequena, a Praia do forte tem de tudo. Não precisa se preocupar com bancos, Correios, etc. A infraestrutura turística é ótima. Você encontrará de tudo.

Se você quiser acompanhar um pouco mais como forma meu dias em Salvador, fiz vários post sobre o assunto. Foram dias incríveis em que tive experiências gastronômicas fantásticas e baratas (leia post sobre as comidas baianas aqui), explorei a cidade como um nativo (leia post sobre como conhecer Salvador a pé), conheci praias incríveis (leia aqui sobre este assunto) e usei o transporte público para baratear meus custos de viagem (confira o post aqui). Neste post têm muitas dicas úteis para pessoas com espírito explorador.

Cristian Figueroa

Anúncios

7 comentários sobre “Praia do Forte, Bahia: um estado de espírito

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s